Search
  • George Cunha

Green Card para cônjuge, filhos e pais de cidadão americano vivendo fora do Estados Unidos.


Se você é cidadão americano e está vivendo fora dos Estados Unidos por muito tempo e deseja aplicar para o cônjuge, filhos abaixo de 21 anos ou pais, você pode iniciar seu processo através do consulado americano mais próximo do seu domicílio, devendo entretanto adotar algumas medidas para que o pedido seja ao final deferido.


A ausência por muito tempo no território americano pode ser um fator negativo para essa aplicação, uma vez que a legislação imigratória determina que o sponsor para essa categoria de visto(Immediate Relative) tem que comprovar seu domicílio nos Estados Unidos e mostrar vínculos reais com o país.


O Objetivo desses vínculos é para quando for processada a aplicação, o sponsor poder garantir que o cônjuge, filho ou pais não se tornem um encargo para o Governo Americano.

Existem alguns casos em que essa ausência no território americano por longos períodos é relevada pela Agência Americana de Imigração-USCIS, quais sejam:


1 – O cidadão americano que esteja vivendo fora do país a trabalho como funcionário do governo americano, como pesquisador de instituições americanas, de empresas americanas que envolvam comércio exterior e organizações americanas internacionais ou religiosas;


2 – Residentes legais(Green Card holders) que estejam empregados pelas mesmas entidades descritas no item 1 e que já tenham aplicado para obtenção e aprovação do formulário N-470 para que sejam preservados seus direitos de residência e naturalização;


3 – Peticionante do formulário I-130 que possa demonstrar a intenção de estabelecer o domicílio nos Estados Unidos antes ou no tempo de chegada do seu beneficiário naquele país;


Essa terceira exceção requer que seja demonstrado através de uma exposição de motivos que o cidadão americano está retornando definitivamente para os Estados Unidos, e que adotou diversas medidas concretas nesse sentido como, aluguel ou compra de um imóvel, procura de emprego ou uma contratação por empresa americana, registro de filhos em escolas americanas, abertura de contas bancárias, solicitação do número de Seguro Social Americano, registro em seção de votação, entre outros.


Deverá ainda apresentar o formulário I-864 que diz respeito ao Affidavid of Support em favor do beneficiário.


E SE O PETICIONANTE NÃO TIVER CONDIÇÕES FINANCEIRAS DE SER O SPONSOR DO BENEFICIÁRIO? O QUE FAZER?


Caso o peticionante não tenha condições financeiras de suportar o encargo de ser o sponsor do beneficiário, é possível o uso de um segundo sponsor que possa garantir o suporte necessário e exigido pelo Governo Americano.


Esse segundo sponsor deve obrigatoriamente morar e residir nos Estados Unidos e deve ainda ter renda suficiente para suportar os custos com a manutenção do beneficiário, caso ele não consiga auferir rendimentos suficientes para sua sobrevivência.


Acontece que, mesmo apresentando um segundo sponsor, o peticionante tem obrigação de preencher o formulário I-864(Affidavit of Support), e é exatamente nessa etapa que alguns cidadãos americanos residentes fora dos Estados Unidos se complicam.


Para preenchimento desse formulário I-864 o peticionante deve obrigatoriamente estar regular para com suas obrigações com o fisco americano e geralmente esses cidadãos americanos que estão morando fora dos Estados Unidos não apresentam suas declarações de rendimentos.


E COMO PESSOAS QUE ESTEJAM RESIDINDO POR LONGOS ANOS FORA DOS ESTADOS UNIDOS PODEM COMPROVAR ESSA REGULARIDADE?


Em princípio, fazendo suas declarações retroativas nos últimos 05 anos e pagando as multas respectivas de cada ano.


Não é o ideal, mas essa seria uma alternativa para regularização junto ao fisco americano.

Importante destacar que os agentes da imigração não irão analisar esse ponto da regularidade fiscal do peticionante isoladamente.


Será feito um estudo geral da situação do peticionante e do beneficiário para que seja conferido e checado todos os documentos e requisitos exigidos em sua aplicação.


Irão verificar a capacidade laborativa do beneficiário, quais suas qualificações profissionais, se existe um segundo sponsor e qual a condição financeira de todos envolvidos, entre outros aspectos da aplicação.


O objetivo é exatamente evitar que o beneficiário se torne um encargo para o Governo Americana e que não venha a solicitar benefícios como auxílio moradia, auxílio alimentação, entre outros programas sociais que o governo americano oferece aos cidadãos de baixa renda.


Entre em contato e solicite mais informações sobre os diversos tipos de vistos que oferecemos dentro do Direito Imigratório Americano.


Visite nossos sites do escritório em:

www.georgecunha.adv.br

www.programaeb5.com.br

www.adocaointernacional.com

28 views

VISTOS AMERICANOS - EMISSÃO E REMOÇÃO DE BARREIRAS
Advocacia Internacional George Cunha
Núcleo: Vistos EUA

SÃO PAULO

Unidade I - Av. Paulista, 1079 -  8° andar - Ed. Torre João Salém - Bela Vista - São Paulo - SP - Brasil

+55 11 27876385 / 11 993033675

Unidade II - Alameda Santos 1165 - 8o andar - Vip Office - Jardim Paulista - São Paulo - SP - Brasil

+55 11 40811979 / 11 993033675

FORTALEZA

Unidade III - Av.Barão de Studart 2360 - 10° andar - Sls1004/1005 - Aldeota - Fortaleza - Ce - Brasil

+ 55 85 3246 3344 / 85 999137940